Portal do Governo Brasileiro

Portal da Transparência - Governo Federal - http://www.portaltransparencia.gov.br

OK

EMPRESA OU PESSOA CONSULTADA - CEIS

Imprimir Imprimir
Tipo de Pessoa:
Jurídica
CNPJ:
11.018.334/0001-09
Razão Social - Cadastro Receita:
VIGLIS VIGILANCIA LTDA - EPP
Nome Fantasia - Cadastro Receita:
Informação não disponível
Quantidade de registros encontrados: 3
Data da consulta: 17/12/2017
Hora da consulta: 17:45:29
Última atualização do Sistema:
Data da atualização: 17/12/2017
Hora da atualização: 16:10:29
Detalhamento da Sanção Aplicada
Nome da empresa informado pelo Órgão sancionador: VIGLIS VIGILÂNCIA LTDA
Tipo da sanção: Suspensão - Lei de Licitações
Fundamentação legal: Art. 87, inciso III, Lei 8666/1993
Descrição da fundamentação legal: Pela inexecução total ou parcial do contrato a Administração poderá, garantida a prévia defesa, aplicar ao contratado as seguintes sanções: III - suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de contratar com a Administração, por prazo não superior a 2 (dois) anos;
Data de início da sanção: 13/02/2015
Data de fim da sanção 12/02/2018
Data de publicação sanção: 13/02/2015
Publicação Diário Oficial da União Seção 3 Pagina 162 Detalhamento do meio de publicação:
Data do trânsito em julgado: **
Número do processo: 0001236-29.2015.4.01.8008
Abrangência definida em decisão judicial: **
Órgão sancionador: Tribunal Regional Federal da 1ª Região
Complemento do órgão sancionador:
UF do órgão sancionador: mg
Origem da informação: Tribunal Regional Federal da 1ª Região Endereço: .
Contatos da origem da informação: . ceis@cgu.gov.br
Data da informação: 15/02/2015
Detalhamento da Sanção Aplicada
Nome da empresa informado pelo Órgão sancionador: VIGLIS VIGILÂNCIA LTDA
Tipo da sanção: Suspensão - Lei de Licitações
Fundamentação legal: Art. 87, inciso III, Lei 8666/1993
Descrição da fundamentação legal: Pela inexecução total ou parcial do contrato a Administração poderá, garantida a prévia defesa, aplicar ao contratado as seguintes sanções: III - suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de contratar com a Administração, por prazo não superior a 2 (dois) anos;
Data de início da sanção: 13/02/2015
Data de fim da sanção 12/02/2018
Data de publicação sanção: 13/02/2015
Publicação Diário Oficial da União Seção 3 Pagina 162 Detalhamento do meio de publicação:
Data do trânsito em julgado: **
Número do processo: 0002958-35.2014.4.01.8008
Abrangência definida em decisão judicial: **
Órgão sancionador: Tribunal Regional Federal da 1ª Região
Complemento do órgão sancionador:
UF do órgão sancionador: mg
Origem da informação: Tribunal Regional Federal da 1ª Região Endereço: .
Contatos da origem da informação: . ceis@cgu.gov.br
Data da informação: 15/02/2015
Detalhamento da Sanção Aplicada
Nome da empresa informado pelo Órgão sancionador: VIGLIS VIGILÂNCIA LTDA
Tipo da sanção: Suspensão - Lei de Licitações
Fundamentação legal: Art. 87, inciso III, Lei 8666/1993
Descrição da fundamentação legal: Pela inexecução total ou parcial do contrato a Administração poderá, garantida a prévia defesa, aplicar ao contratado as seguintes sanções: III - suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de contratar com a Administração, por prazo não superior a 2 (dois) anos;
Data de início da sanção: 13/02/2015
Data de fim da sanção 12/02/2018
Data de publicação sanção: 13/02/2015
Publicação Diário Oficial da União Seção 3 Pagina 162 Detalhamento do meio de publicação:
Data do trânsito em julgado: **
Número do processo: 0003151-50.2014.4.01.8008
Abrangência definida em decisão judicial: **
Órgão sancionador: Tribunal Regional Federal da 1ª Região
Complemento do órgão sancionador:
UF do órgão sancionador: mg
Origem da informação: Tribunal Regional Federal da 1ª Região Endereço: .
Contatos da origem da informação: . ceis@cgu.gov.br
Data da informação: 15/02/2015
** Informação não disponível, favor verificar junto ao órgão sancionador
Downloads Clique aqui para baixar dados do portal
Recomenda-se visualizar em resolução 1024x768

ATENÇÃO
Este cadastro visa dar publicidade às sanções administrativas aplicadas contra licitantes e fornecedores. As informações aqui veiculadas são de inteira responsabilidade das entidades que as prestaram, não podendo a União ser responsabilizada pela veracidade e/ou autenticidade de tais informações nem pelos eventuais danos diretos ou indiretos que delas resultem causados a terceiros.